Chegada a Dublin

a64e4-img_1425
Temple bar

Olá meus queridos. Como sabem, se viram os posts anteriores, tive pouco mais de 2 dias para visitar Dublin. O meu voo da Ryanair partiu do aeroporto do Porto pelas 12h45 e chegou a Dublin pelas 15 horas.

Dublin-Airport-T
Dublin airport

Mal cheguei ao aeroporto, apanhei o autocarro número 747 da Airlink, em direção ao centro da cidade (viagem com duração de aproximadamente 40 minutos). Esta linha faz várias paragens pelo centro de Dublin, pelo que nos deixou muito perto do hotel. No entanto, confesso que não gostei nada do serviço, isto porque se trata de um autocarro público de 2 andares ao estilo britânico, que apesar de ter um local para colocar as malas dentro do mesmo,este não é nada seguro! Isto porque as malas são colocadas pelos próprios passageiros um pouco à sorte, umas em cima das outras, numa estrutura construída para o efeito, mesmo ao lado de alguns bancos. Aconteceu inclusive um incidente com um rapaz português. O rapaz levou com uma das malas encima da perna, imaginem só! Saiu do autocarro a sangrar e a reclamar. Portanto, se viajarem neste serviço, tenham cuidado!

Existe outra empresa que transporta até ao centro, a Aircoach, que é ligeiramente mais cara, mas o transporte é feito em camionetas de turismo. No entanto, não tem tantas paragens no centro. Para apenas nas ruas principais.

 

Fiquei no alojamento Aparto – Dorset Point Dublin, que é uma residência de estudantes com muito boa pontuação no booking. Dos vários locais que pesquisei, foi aquele que encontrei com melhor qualidade-preço. No entanto, como qualquer residência, tem as suas regras. Não é um hotel! É sim, mais parecido com um apartamento. O quarto era pequeno, apesar de moderno, não havia serviço de limpeza, nem troca de toalhas. Ainda assim, tinha uma sala comum a cada 3 ou 4 quartos, com cozinha e zona de estar. Isto para além de 2 pátios, biblioteca, sala de jogos/convívio, sala de cinema e lavandaria, comuns a todo o complexo.

IMG_1259
Garden of Remembrance

Saí do hotel e fui até ao Garden of Remembrance, que fica na zona norte da cidade, muito perto do hotel. Tive sorte pois cheguei à hora de fecho! Depois desci pela avenida principal de Dublin, a O´Connel Street em direção ao rio Liffey.

 

Antes de chegar às margens do rio, fiz um desvio perto do The Spire (monumento alto em forma de agulha) para visitar a rua comercial, a Henry Street, e ver alguns dos seus armazéns e lojas. Aqui encontram a famosa Penneys (Primark no resto da Europa), a Topshop, e armazéns como os Arnotts.

 

Ao chegar às margens do rio, atravessei por uma das pontes pedonais, a Ha´Penny bridge, que é uma das mais famosas. É linda, não é?

Passei então para Temple Bar ( ver post) e desfrutei destas belas ruas cheias de cor, boa comida e boa bebida, até ao final da noite.

34fe7-img_1307

Kisses 😉

Continua …

2 Comments Add yours

  1. Quero muito ir a Dublin e a cada foto que vejo, o desejo aumenta. Espero um dia conseguir. As fotos que tiraram estão maravilhosas. Beijinho

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s